50 e Tantas Coisas para Fazer com o Seu Filho de 2 a 6 Anos

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você tem um filho de 2 a 6 anos, estas dicas são para você. Muitas delas vocês poderão fazer dentro de sua própria casa. Não se trata, porém, de meros entretenimentos ou atividades para “passar o tempo”. São coisas que julgamos contribuir para um bom desenvolvimento das crianças que, nessa fase:

  • têm os sentidos muito aguçados
  • maravilham-se com coisas que nos parecem triviais
  • estão num momento fantástico para o desenvolvimento da linguagem (prepare-as bem agora e as chances de serem bons leitores aumenta incrivelmente)
  • gostam da repetição e precisam fortalecer a memória
  • precisam desenvolver o auto-controle e conseguir concentrar-se para futuramente aprender conteúdos mais complexos
  • têm de adquirir certa independência, pouco a pouco
  • começam a entender como funciona a vida em comunidade e devem aprender a respeitar os outros e também a fazer algo de bom por eles, ao invés de apenas receber
  • precisam de um contato mais próximo e freqüente com os pais  (por isso, fazer estas atividades JUNTO delas é muito importante)

Se você não sabe o que fazer para ajudar seu filho ou desconhece que tipos de atividade podem-lhe ser mais úteis; ou se sua criatividade simplesmente já se esgotou, esta lista poderá ajudá-lo.

1.  Contemplar a natureza: passear nos parques da cidade e arredores, visitar uma fazenda, cultivar plantas em casa, observar o céu estrelado…

2. Caçar tesouros (pedras, folhas, flores, insetos) durante um passeio.

3. Regar as plantas do jardim.

4. Ajudar nas tarefas domésticas.

5. Aprender a preparar refeições simples, como uma café da manhã ou uma salada.

6. Ouvir e memorizar parlendas e quadrinhas.

7. Memorizar belas poesias com estas técnicas.

8. Ouvir muitas histórias em voz alta!

9. Interagir verbalmente durante a leitura em voz alta, fazendo descrições, estabelecendo relações entre a história e experiências vivenciadas pela criança, etc.

10. Recontar uma história, escrever uma carta a um personagem, descrever cenas de um livro… Confira estas 24 atividades que complementam a leitura em voz alta.

11. Fazer um passeio à biblioteca.

12. Organizar a estante de livros e separar as leituras do mês.

13. Ouvir músicas folclóricas, cantigas de roda e canções tradicionais.

14. Ouvir música clássica durante o café da manhã, na hora do lanche ou enquanto fazem algum artesanato, pintura ou colagem.

15. Treinar a memória visual com estes três jogos.

16. Brincar de “Duende da Vitória”.

17. Brincar de “Fui às compras” e calibrar a memória auditiva de curto prazo.

18. Curtir o chão! Crianças precisam de espaço para se mover e explorar os ambientes.

19. Tirar do baú brincadeiras antigas para trabalhar coordenação motora, equilíbrio, atenção, foco e habilidades sociais.

20. Treinar a coordenação motora grossa com seis exercícios de deslocamento sobre linhas retas e curvas.

21. Brincar nas barras e preparar os pequenos músculos das mãos para a escrita.

22. Gastar a energia acumulada com estas 8 atividades ao ar livre.

23. Desenvolver a consciência corporal com 12 atividades divertidas.

24. Brincar com outras crianças em um bom parquinho.

25. Trabalhar o equilíbrio e a concentração com estes 3 desafios com fita crepe.

26. Praticar atividades físicas de impacto e fortalecer os ossos.

27. Pular amarelinha.

28. Brincar de bolinha de gude.

29. Confeccionar seus próprios brinquedos.

30. Fazer um corrupio.

31. Brincar com materiais e brinquedos simples  como areia, tinta e utensílios domésticos.

32. Turbinar a brincadeira com blocos de montar.

33. Montar quebra-cabeças e tangrams.

34. Fazer sua própria massinha.

35. Exercitar as mãos brincando de carrinho de mão, bicho-preguiça, elástico, estourando plástico bolha…

36. Fazer ginástica com os dedos.

37. Aprender a usar a tesoura e desenvolver coordenação motora fina, percepção visual e força nas mãos.

38. Treinar o traçado usando lápis jumbo.

39. Tirar os botões da caixa de costura da vovó e usá-los para trabalhar o raciocínio lógico, habilidades matemáticas e a coordenação motora fina.

40. Pintar com os dedos, com cotonetes, com esponja ou com pincéis em cartolinas enormes, folhas de jornal ou caixas de papelão.

41. Brincar com as palavras no mercado. Essa atividade ajuda a criança a identificar os sons iniciais das palavras.

42. Aprender a contar sílabas de maneira divertida.

43. Desenvolver a escuta ativa, a concentração e o vocabulário com audiolivros.

44. Treinar a habilidade de discriminação auditiva e intensidade sonora.

45. Exercitar a atenção e o sequenciamento dos sons.

46. Refinar as habilidades de escuta com esta atividade.

47. Aprender o alfabeto com estes livros belíssimos.

48. Treinar a discriminação visual com um jogo simples e educativo.

49. Praticar estas oito atividades para exercitar a discriminação visual e evitar a troca de letras durante a escrita e a leitura.

50. Desacelerar um pouco e trabalhar o equilíbrio com estas brincadeiras.

51. Trabalhar as funções executivas (foco, autocontrole, atenção, memória).

52. Treinar o recolhimento consciente e vigilante com a lição do silêncio.

53. Exercitar a calma e o auto-controle com atividades de vida prática.

54. Fazer biscoitos ou um bolo e levar para a vovó e o vovô ou para os velhinhos em um asilo.

55. Separar roupas e brinquedos e levar para crianças que deles precisem.

56. Confeccionar cartões artesanais e dar para parentes e amigos em datas festivas, como Natal, Páscoa, Ano Novo, aniversário…

Gostou das sugestões? Conte-nos de quais delas você mais gostou e se já  as colocou em prática com seu filho.


Participe da 8ª Jornada da Alfabetização em Casa. Cadastre-se e faça parte desse evento online e gratuito que já transformou a vida de mais de 100.000 famílias!

Deixe suas dúvidas e opiniões aqui embaixo! Obrigado por compartilhar nosso conteúdo!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *