Memória

2 Atividades para Crianças Desatentas

2 Atividades para Crianças Desatentas

4 minutos “Meu filho vive no mundo da lua. Ele não consegue prestar atenção nem se lembrar de nada que eu digo. O que há de errado com ele?” Na dica de hoje, apresento duas atividades de sequenciamento de sons que ajudarão os pequenos a vencer essas dificuldades. A desatenção das crianças é uma das queixas mais freqüentes entre os pais que acompanham o blog Como Educar Seus Filhos. Muitos pais me enviam mensagens dizendo que seus filhos vivem no mundo da lua, se Continue lendo

Poesias para Memorizar e Recitar: 13 Indicações para as Crianças

Poesias para Memorizar e Recitar: 13 Indicações para as Crianças

6 minutos A memorização de textos literários seletos é uma das atividades mais benéficas para o desenvolvimento lingüístico da criança. Dentre os muitos benefícios dessa prática, estão o enriquecimento do vocabulário, a absorção de estruturas sintáticas mais complexas, o fortalecimento da memória e da imaginação e, de quebra, o treino na arte de falar em público, por meio da prática da recitação dos poemas memorizados. Mas o que memorizar? Em primeiro lugar, textos de que seu filho goste. Textos bem-humorados com rimas e repetições Continue lendo

Por Que seu Filho Deve Memorizar e Recitar Poesias?

Por Que seu Filho Deve Memorizar e Recitar Poesias?

12 minutos No prefácio de Literature for Children (“Literatura para Crianças”, sem tradução para o português), Orton Lowe afirma: “Dentre todas as possibilidades existentes na vida educacional de uma criança, nenhuma é mais promissora do que a possibilidade de autoaperfeiçoamento por meio da leitura de bons livros.” Para o autor, o enriquecimento do imaginário pessoal na infância, por meio da boa literatura, é indispensável para que o indivíduo adulto vivencie de forma mais plena sua própria existência e contribua, de forma mais efetiva, para Continue lendo

TESTE: Seu Filho está Preparado para Ler?

TESTE: Seu Filho está Preparado para Ler?

6 minutos Seu filho tem entre 4 e 6 anos? Faça este teste e veja se ele está preparado para ler. Falamos algumas vezes no blog sobre algumas das noções e habilidades que precisam ser desenvolvidas para que as crianças se tornem bons leitores: consciência do impresso, consciência fonológica, memória auditiva de curto prazo bem treinada, um bom vocabulário, compreensão da linguagem oral, dentre outras. Para que você tenha uma noção mais precisa das áreas em que seu filho de 4 a 6 anos Continue lendo

8 Atividades para Evitar a Troca de Letras

8 Atividades para Evitar a Troca de Letras

5 minutos Quando vamos ao supermercado sabemos distinguir as diferenças entre tomates e maçãs só de olhar. Do mesmo modo, somos capazes de identificar nosso carro no estacionamento ao lado de outros veículos. No dia-a-dia, realizamos facilmente essas atividades graças à habilidade de discriminação visual, que é a capacidade de identificar com precisão as diferenças e semelhanças entre objetos ou formas semelhantes. Essa habilidade começa a se desenvolver desde muito cedo e desempenha um papel fundamental no aprendizado de crianças de todas as idades. Continue lendo

6 Mitos sobre o Aprendizado da Leitura

6 Mitos sobre o Aprendizado da Leitura

11 minutos As crianças podem aprender a ler sozinhas? Conheça este e outros mitos sobre o aprendizado da leitura. #1: A criança pode aprender a ler sozinha, pois ler é um processo natural Se uma criança aprende a falar apenas ao escutar seus pais conversando, ela também deveria aprender a ler ao ser exposta a textos escritos, certo? Errado. Aprender a falar é sim um processo natural. Basta que a criança seja exposta à comunicação oral – e não apresente problemas nos aparelhos fonador Continue lendo

4 Maneiras de Incrementar a Brincadeira com Blocos de Montar

4 Maneiras de Incrementar a Brincadeira com Blocos de Montar

5 minutos Ao ver uma criança brincando de blocos, não raro um adulto suspira: “Vejam! Um futuro engenheiro!” A associação mais óbvia é certamente essa. Porém, há vários outros benefícios que essa prática pode proporcionar. Como já dissemos aqui, brincar com blocos de madeira, de plástico, blocos magnéticos ou Lego® pode ajudar a desenvolver a atenção, a criatividade, a coordenação motora fina, a coordenação visomotora, a orientação espacial e a capacidade de resolver problemas. A prática mais comum é deixar as crianças brincarem livremente Continue lendo

Como os Pais podem Auxiliar no Processo de Alfabetização dos Filhos

Como os Pais podem Auxiliar no Processo de Alfabetização dos Filhos

5 minutos É cada vez maior o número de pais que se queixam de que os filhos apresentam dificuldade em leitura e compreensão de textos e, mesmo após os dez anos de idade, ainda tropeçam em palavras. E não são nada incomuns os casos de estudantes de Ensino Médio sem fluência em leitura e com vocabulário muito pobre. Conseqüentemente tem crescido também o interesse dos pais em participar de alguma forma do processo de alfabetização das crianças e em buscar corrigir as deficiências em Continue lendo

Como as Crianças Usam a Memória de Trabalho para Aprender

Como as Crianças Usam a Memória de Trabalho para Aprender

6 minutos Já lhe aconteceu de ir a um cômodo da casa buscar um objeto e, ao chegar lá, esquecer o que foi buscar? Você já foi ao supermercado sem levar uma lista de compras, pensando que conseguiria se lembrar de tudo o que precisava e, ao voltar para casa, percebeu que itens essenciais não haviam sido comprados? Pois você já experimentou as limitações da memória de trabalho, esse post it mental de que lançamos mão para armazenar informações enquanto precisamos delas. A memória Continue lendo

Atividades para Estimular as Funções Executivas dos 5 aos 7 anos

Atividades para Estimular as Funções Executivas dos 5 aos 7 anos

6 minutos Este é o último artigo da série sobre estimulação das funções executivas. Hoje trouxemos atividades para crianças de 5 a 7 anos. Nessa idade, as crianças começam a desfrutar melhor de jogos que envolvem regras, embora o nível de interesse varie bastante. Como um aspecto importante do desenvolvimento dessas habilidades é a presença constante do desafio, é importante escolher jogos complexos, mas não tão difíceis. À medida que a criança for se familiarizando com esses jogos, tente reduzir a participação dos adultos: Continue lendo