Como Expandir a Linguagem de seus Filhos

Tempo de leitura: 6 minutos

Neste primeiro vídeo darei uma dica que considero de extrema importância para o processo de alfabetização. O tema é a modelagem da linguagem. Assista!

A modelagem da linguagem é muito importante na infância, um momento em que as crianças tendem a falar de forma compactada. Assim, com o auxílio dos adultos, elas precisam expandir as estruturas frasais, e isso é feito por um processo de imitação de certas estruturas.

Hoje, nas universidades, muitos professores ensinam que o que importa na comunicação é unicamente entender o que o interlocutor está dizendo, seja de que maneira for. Ora, isso é um erro, pois não leva em conta a clareza da expressão. De fato, é muito importante que a linguagem das crianças se desenvolva de tal maneira que elas consigam ter uma clareza discursiva. E para isso existe uma série de exercícios e técnicas à disposição.

Antes de passar ao exercício, quero transmitir a vocês um dado importante. Nós sabemos que as crianças começam a falar, em geral, em torno de 1 ano e 8 meses, 2 anos, 2 anos e meio. Existem exceções, é claro. Mas há um fato curioso: a partir do momento em que a criança começa a falar, ela tem, até os 6 anos, uma capacidade enorme de aprender novas palavras. As pesquisas dizem que, nesse período, as crianças são capazes de aprender cerca de 3 mil palavras por ano. Esse fenômeno não se repetirá na vida delas. Ora, para aprendermos hoje 3 mil palavras novas, seria preciso muito esforço e muita repetição. Portanto, devemos estimular as crianças no ambiente da oralidade, ler em voz alta para elas, conversar com elas. No entanto, na fala coloquial, nós nos reportamos a um repertório limitado de palavras. Por isso a leitura é muito importante e eficaz no enriquecimento do vocabulário infantil; ao ler um livro clássico, percebemos que o autor, ao dominar a língua e o estilo, consegue manter ao longo do texto um repertório vasto de palavras, enriquecendo assim o vocabulário das crianças.

A partir dos 6 anos, o aprendizado de novas palavras se dá precisamente por meio da leitura. Por essa razão, é essencial que até os 6 anos coloquemos as crianças em ambientes em que a oralidade seja algo praticado com a finalidade de aumentar o vocabulário delas.

Mas, ainda que ocorra o aumento do vocabulário nesse período, as crianças tendem a falar de modo compactado. Isso se pode constatar com certas perguntas aos pequeninos. Por exemplo, pergunta-se: “Meu filho, de que brinquedo você gosta?” Geralmente a criança responde deste modo: “bola”, “carrinho”, “boneca”, e assim por diante; ou seja, elas não dizem: “Eu gosto de carrinho”, “Eu gosto de boneca”.

Portanto, você deve começar a praticar isso com seu filho, de forma natural. Quando ele responder de forma compactada, não o corrija dizendo: “Filho, você está falando errado”. Mas, de modo natural, reaja da seguinte maneira: “Não compreendi o que você disse. Você gosta de bola?”. Então seu filho responderá: “Sim, mamãe, eu gosto de bola.” Desse modo, você irá conduzir a conversa para que ele perceba, dia a dia, que você já não está aceitando aquele padrão de resposta, e, ao mesmo tempo, é apresentado a ele o modelo que se espera, para que assim comece a expandir o fraseado, a linguagem, e a responder com mais detalhes, usando aquilo que chamamos “resposta completa”. Não se esqueça de que posteriormente muitas crianças, ao resolverem os materiais didáticos, vão projetar nas repostas por escrito o mesmo que elas fazem na fala. Então, se os pais não modelarem a linguagem dos seus filhos desde a infância, a tendência é que eles continuem com as mesmas deficiências depois.

As crianças que são submetidas a esse tipo de treinamento começam também a perder um pouco da inibição, conquistam maior autoestima e conseguem expressar-se com mais clareza. Na universidade, tive uma experiência curiosa. Eu corrigia as provas e, ao levá-las para os alunos, alguns diziam: “Mas, professor, eu quis dizer isto que o senhor disse que é a resposta correta.” Então, eu respondia: “Você quis dizer, porém isto que está escrito não é o que você quis dizer. O que você quis dizer ficou na sua cabeça.”

Quando a criança responde: “De bola”, ela sabe que é ela que gosta de bola, mas o que está em jogo é o expressar com mais clareza o que está dentro dela, e os pais precisam ajudá-la a fazer isso.

E eis uma última dica. Eu já mencionei o aumento do vocabulário nesse período. Assim, se você perceber que seu filho tem um conhecimento razoável de substantivos (ou seja, sabe o nome de algumas coisas, como animais, profissões, etc.), mas o repertório de adjetivos dele é pobre, faça a seguinte brincadeira. Pergunte-lhe, por exemplo: “Como é o seu cachorro?”. Ele responderá provavelmente: “Bonito”. Então, você irá modelar a linguagem: “Não entendi. O seu cachorro é bonito?”. E a criança dirá: “Sim, mamãe, o meu cachorro é bonito.”

Ora, quando se pergunta como é uma coisa, geralmente a criança responde com um adjetivo, com uma qualidade relacionada àquela coisa. Pode-se então brincar assim: “Ah, o seu cachorro é bonito. O seu cachorro é muito bonito! O seu cachorro é tão bonito!”, enfatizando que aquela palavra é uma qualidade, um adjetivo, sem apresentar a definição de adjetivo, pois a finalidade agora é enriquecer o vocabulário da criança quanto aos adjetivos.

Esta, portanto, é outra técnica: por meio da pergunta, conduzir a uma resposta que eleve o vocabulário da criança naquela classe gramatical em que ela está com o repertório mais pobre.

Pratique essa dica com perseverança. No começo, talvez, você não colha o resultado esperado, mas insistindo, repetindo, você perceberá uma transformação na fala de seu filho.

Como motivação para que você não desanime na prática da modelagem da linguagem com o seu filho, quero lhe ensinar o primeiro texto que usei com as crianças da escola Mundo do Balão Mágico. O texto chama-se “Tente mais uma vez”:

Eis aqui o bom conselho a se seguir: Tente mais uma vez;
Se no início algo é difícil conseguir: Tente mais uma vez,
E verá sua coragem aparecer.
Nunca trema, não há nada que temer;
Persevere e verá que vai vencer:
Tente mais uma vez!


Faça o download da versão em áudio e ouça essa dica quando quiser!

Assine nosso podcast no iTunes e receba gratuitamente nossos conteúdos em áudio. Assine em seu computador pelo link bit.ly/cesf-podcast. Siga-nos e deixe um review!


Deixe suas dúvidas e opiniões aqui embaixo! Obrigado por compartilhar nosso conteúdo!

Receba em seu email nosso ebook “As 5 Etapas para Alfabetizar seus Filhos em Casa”, um guia completo e totalmente gratuito para introduzir seus filhos no universo da Alfabetização. Clique aqui: https://goo.gl/FDS4xU.

108 Comentários


  1. Muito didático, prático e simples! Adorei! Vou aplicar hoje com minha filha!

    Responder

  2. Gostei muito, é uma maneira simples mas que no dia a dia os pais em geral não o fazem, minha filha tem quatorze anos, mas tenho um “neto” de meu marido e vejo que os pais dele não sabem usar esses métodos com ele, mas vou tentar ensina-lós, mesmo porque com minha filha eu a ensinei desta maneira como você colocou. Obrigada por seu trabalho com certeza será de grande valia para muitos pais.Um abraço e fique com Deus.

    Responder

  3. Gostei muito das dicas. Vou começar hoje mesmo a técnica.

    Responder

  4. GOSTEI MUITO E A PARTIR DE HOJE COLOCAREI EM PRATICA CADA UMA DAS DICAS.

    Responder

  5. Ola! Boa tarde! Gostei muito do vídeo e vejo que irá me ajudar com minhas crianças em sala de aula. Obrigada!

    Responder

  6. Gostei muito do vídeo e das orientações, percebemos que cometemos erros graves com nossos filhos ao tentar orientá-los nas atividades escolares. Espero consegui desenvolver essas técnicas com minha filha e parabenizo pela iniciativa de tentar ajudar nossas crianças. Obrigada.

    Responder

  7. Parabéns pela iniciativa de colaborar na educação dos nossos pequenos. Quero que saiba do alcance que suas pesquisas e estudos tem alcançado. Sou professora de AEE , utilizo suas orientações com meus alunos, principalmente com DI e TDAH, com resultados, no momento, satisfatórios mas acredito que em breve serão excelentes. Na área da oralidade e da linguagem, faço adaptações de acordo com a habilidade apresentada pela criança e percebo avanços significativos. inclusive recomendo aos pais e cuidadores , a continuidade dos exercícios. É claro que o avanço é mais lento comparado ao da criança típica, mas não deixa de ser gratificante para mim e essencial para as crianças. Obrigada, estaremos juntos, sempre! Abs

    Responder

  8. Bom dia Carlos.

    Gostei muito do seu vídeo. Objetivo, prático e esclarecedor.

    Fiquei pensando em formas de estimular as crianças quanto a uso de verbos. Pois, percebo que ao escreverem elas tendem a omitir o verbo
    Por exemplo:
    Qual o nome do personagem da história que vc leu?
    Resposta: O nome dele Mário.

    Posso usar a mesma dica para estimular o uso dos verbos?
    Exemplo:
    Qual o nome do personagem da história que vc leu?
    O nome dele Mário.
    Como? Não entendi. Vc está dizendo que o nome dele é Mário?
    Sim. O nome dele é Mário.

    Rsrsrsrsrs…. será que entendi sua dica?

    Peço que comente se possível?

    Grata.

    Conceição

    Responder

  9. Adorei o vídeo, e minha primeira filha, tem apenas 4 meses. Tenho muitas dúvidas como educa-lá, com os seus videos vou me preparando .

    Responder

  10. Gostei muito do vídeo prof. Carlos, tenho uma garotinha de 4 anos e confesso que tenho dificuldade de ter um bom diálogo com ela pois não sabia nem interagir com ela. Mas a partir de agora vou colocar essa sua sugestão em prática, hoje mesmo quando ela chegar da escolinha.
    Obrigada, estou gostando muito do que estou aprendendo no seu blog.

    Responder

  11. Boa noite, professor Carlos! Gostei muito do vídeo, vendo os vídeos fico até ansiosa em poder aplicar em casa, mas ainda é cedo. Sou mãe de um menino de 5 meses. Além da leitura existe alguma outra atividade que possa estar fazendo para auxiliar na alfabetização dele? Obrigada! =)

    Responder

  12. Gostei muito da primeira dica. Muitas vezes, não sabemos como conduzir nossos filhos, no caminha da alfabetização. Eu percebo, que as escolas de minha cidade, não dão o suporte necessário para formação oral. Obrigado!

    Responder

  13. Gostei muito do Vídeo e vou colocar em prática aqui em casa. Tenho um dúvida.
    o uso do rádio ou da televisão desde que com o conteúdo que acrescente também pode ajudar no aumento do vocabulário das crianças de até 6 anos?

    Responder

  14. simples e genial!
    obrigada mesmo pelas dicas que creio muito só somarão na qualidade do viver de meus pequenos.
    abração

    Responder

    1. com este seu trabalho pode ter a certeza de que muitas mães vão adorar, pois é um método para que as crianças comecem desde cedo aprender a pronunciar o alfabeto certo, seu trabalho é maravilhoso Felipe, só posso acompanhar seu blog, pois meus filhos já estão casados, mas vou indicar para minha nora que está fazendo pedagogia e tem duas crianças.

      Responder

  15. Gostei mt da dica até q enfim alguém fala realmente o q é preciso para nós sabermos cm ensinar certo para nossos pequenos eu cm mãe me preocupod mais cm a educação da minha pequena mt obg msm vou colocar em prática. Aproveitando queria perguntar minha filha tem cinco e fala pausadamente ensino em casa cm posso melhorar fala dela e isso passará obg.

    Responder

  16. Amei essas dicas…
    como não encontrei antes
    muito bom! parabéns!

    Meu filho tem 4 aninhos e é muito esperto,
    Muitas vezes ele fala umas palavras que não é comum de se ouvir da boca de crianças, e ele aprende em videos, sozinho. Nessa parte de linguagens não temos muito problemas, tem hora que ele se expressa melhor que gente grande, é sempre bom melhorar, amei as dicas do video

    Responder

  17. Gostei muito da dica ,meu neto está no caminho certo a unica dúvida é que ele responde sempre na terceira pessoa dizendo o nome dele e não “eu”,como corrigir isso???

    Responder

  18. Adorei, muito bom!!
    Minha pequena está exatamente nessa fase, perserverarei!!

    Responder

  19. Muito bom,
    Uma dúvida, meu filho tem 2 anos e 9 meses, já leio alguns livros pra ele, as vezes ele quer contar a história, kk, mas a dúvida é que tipo de livro ler nesta idade, ou quais títulos específicos ler.
    Desde já agradeço, abraços…

    Responder

  20. Achei nteressante…
    Gostei.
    Vou assistir mais e deixo comentário nos outros também.

    Responder

  21. Gostei muito. Sou educadora e sei o quanto é difícil uma criança iniciar a construção de texto. Já imaginava que o vocabulário de cada criança era o quê da questão. Com o vídeo pude perceber o que fazer para melhorar/enriquecer o vocabulário e assim o texto será consequência.

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Que bom que contribuímos para isso, Sandra.

      Conte conosco!

      Abraço!

      Responder

  22. É o segundo vídeo que assisto e estou gostando muito. Bem, para meu filho espero que possa aproveitar muito do que perdi, visto que ele tem hoje 13 anos, mais se houver alguma dica agradeço, pois ele não é fã de leitura e tem um pobre vocabulário. Já para os meus alunos de 4 e 5 anos estou amando as dicas, inclusive ha um aluno da turma de 5 anos que tenho dificuldades em compreender o que verbaliza.

    Responder

  23. Olá Carlos… Muito interessante essa dica e sua iniciativa em ajudar… Parabéns….. Sobre o vídeo gostei demais… Vou logo começar a praticar… Tenho duas filhas… uma de 3 e outra de 10 anos…. Essa dica é mais indicada para a de 3… E como faço com a de 10?? Ela tem boa leitura… Gosta de ler mas na hora de se expressar tanto falando como escrevendo é um pouco complicado… Ela gosta de falar rápido demais além de ser um pouco tímida… Como ajuda-la???

    Responder

  24. Ótima dica!! Obgda Carlos Nadalim…. sua visão e inteligência ajudarão muitos pais… Acompanharei vc sempre!!

    Responder

  25. olá, gostei muito vou começar a praticar, esse foi o primeiro vídeo que vi, quero continuar absorvendo conhecimentos e ensinando aqueles que convivem comigo.

    abraços,
    majara.

    Responder

  26. Adorei a sua dica. Realmente dá certo mesmo, pois já venho fazendo este tipo de exercício e o meu filho de 3 anos e 3 meses responde frases completas a um bom tempo. Ele coloca as palavras no plural certinho, de acordo com a situação. Mas tive que primeiro prestar atenção nas minhas palavras e corrigir meu português desleixado!rsss
    Paciência, porque estas dicas do professor dão certo mesmo!

    Responder

  27. Achei bastante interessante estes vídeos, sou professora e este é o segundo ano que estou na educação infantil mais precisamente com crianças 03 a 06 anos.Para mim está sendo um grande desafil as vezes me sinto um pouco perdida sem saber como lidar com o aprendizado dos peques e esses vídeos está me ajudando.Obrigada!Abraço professor.

    Responder

  28. Ótimas dicas professor, vou começar amanhã mesmo a fazer esses exercícios com a minha filha. Parabéns!!

    Responder

  29. Olá Carlos Nadalim! Acabei de assistir ao seu vídeo e gostei muito, tenho duas filhas, uma de cinco e outra de dois anos. E me preocupo muito com a educação delas e os conteúdos de seus vídeos são excelentes para que elas tenham uma ótima base escolar. Estou esperando o próximo vídeo!

    Responder

  30. Muito bom… não sabia que era uma técnica… mas mesmo assim converso com minha filha desta forma. Agora vou pratica muito mais!!!

    Responder

  31. Bom dia! Acompanhei todos os vídeos desde o lançamento da turma anterior. Comecei tudo novamente. Desta vez, pretendo ingressar na próxima turma. Estou de olho em todas as suas publicações, todas interessantíssimas! Bem, esse poema “Tente ou outra vez” veio especilamente para mim, rs. Tenho dois filhos, um de 5 anos e uma de 2 anos e 8 meses, ambos, super agitados. Minha maior angústia é a pouca concentração deles. Rapidamente se distraem e a atividade perde a graça. Isso, constantemente, me faz perder a paciência. Enfim, acho que é da idade. Então, como o poema dia: “vou tentar outra vez, perserverar até vencer!”

    Responder

  32. Obrigado pela dica Carlos Nadalim, a minha filha com 2 anos e 7 meses quando alguém pergunta o nome dela ela responde eu me chamo Isis, vou continuar com as leituras em voz alta e com as canções folclóricas e de cantigas para o melhor desenvolvimento dela.

    Responder

  33. Adorei a dica da Modelagem da linguagem profº Carlos. Vou praticar com minha filha Caroline.
    Muito obrigada por todos os vídeos e dicas que tem gravado gratuitamente para nós.
    Tenho acompanhado com muita alegria e gratidão. Beijos, Anlive.

    Responder

  34. Professor Nadalim,
    Muito obrigada mesmo por todo o conteúdo esclarecedor que o senhor sempre posta!
    Eu o acompanho há uns meses e agora, após este vídeo, me ocorreu uma dúvida.
    Pelo que o senhor fala no vídeo, até os seis anos de idade as crianças possuem a incrível capacidade de aprender até 3000 palavras em um ano, e por conta disso eu imagino que seria legal dar início ao ensino de inglês, por exemplo, utilizando-se conversações.
    Mas gostaria de saber a sua opinião… A partir de qual idade que o senhor pensa ser mais interessante o ensino de língua estrangeira?
    Desde já, agradeço!
    Abraço,
    Priscila

    Responder

  35. Gostei demais desse promeiro video,Modelagem da Linguagem,otima dicas.
    Obrigada.

    Responder

  36. Boa tarde, gostei muito do video será muito importante para o meu trabalho aqui na minha comunidade.

    Responder

  37. Boa tarde! Meu filho tem 8 anos e segundo a psicopedagoga ele é disléxico, com dificuldade na escrita (disgrafia), gostaria de saber se você tem alguma atividade para ajudá-lo a melhorar seu desempenho escolar, pois perde a concentração com muita facilidade.
    Desde já muito obrigada pela atenção!!

    Responder

  38. Olá Carlos,

    Adorei o vídeo! Ótimas dicas. Tenho uma filhinha de 2 anos e 4 meses, muito tagarela e esperta, rsrsrs. Estou muito entusiasmada para colocar essas dicas em prática. Obrigada pela oportunidade de aprendizado. Abraços

    Responder

  39. Bom dia !!!
    Iniciei meu dia com seu vídeo, gostei muito, sou supervisora de educação infantil da rede municipal, há dois anos estou atuando na área, porém…..fiquei quinze anos distante. Então tento absorver tudo que vejo e que é necessário para que eu cresça em minha formação, gostei muito e digo…..vou passar para as professoras que supervisiono, pois precisamos sempre nos atualizarmos e compartilhar ideias, na educação não podemos parar, seja na escola ou em casa. Valeu !!!!!

    Responder

  40. Estou surpresa e feliz por esta iniciativa: um suporte eficaz e gratuito a todos nós, pais, que por amor, desejamos o melhor aos nossos filhos. Estou muito entusiasmada… Todo este socorro, chegou no momento em que eu pesquisava métodos e materiais de ajuda para iniciar o processo de alfabetização do meu filho. Agradeço imensamente!

    Responder

  41. Excelente vídeo! Vou praticar com meu filho de 4 anos, obrigada prof. Carlos Nadalim!

    Responder

  42. Nem consigo acreditar que esse blog chegou ao meu conhecimento na hora exata. Tenho dois filhos, uma menina de 2 e um menino de 4 e sou apaixonada pela área da educação! Adorei as dicas e pretendo acompanhar tudo e aplicar com perseverança! Obrigada!

    Responder

  43. Amei o Blog os vidios tudo como ta me ajudando meu Deus.
    Sou mãe solteira e tenho uma filha de 3 anos muitoo energica e confesso que tenho dificuldades em ter o dominio com ela.

    Responder

    1. Boa noite Carlos! Gosto muito dos seus vídeos, pois além de serem úteis para os pais, também é uma ótima ferramenta para os professores da educação infantil; que é o meu caso. Tenho uma pergunta: o que fazer quando fazemos uma pergunta simples para uma criança pequena( 1 ano e meio a 02 anos), e ela responde da mesma forma? Ex: “Você gosta de morango”? Ou “A maria gosta de morango.”
      Obrigada.
      Jacqueline – São Carlos SP

      Responder

  44. Querido, boa tarde! Amei a sua primeira aula e as dicas dadas, mas estou com um probleminha em casa, as minhas filhas já tem 6 e 8 anos e me sinto frustada por não ter sabido e usado este teu método antes. A Maria de 8 anos está no 3 ano do ensino fundamental e nas provas e lições de casa já esta refletindo as respostas curtas – sim e não, gosto e não gosto, entre outras. O que eu posso fazer para mudar este comportamento? Sei que a ” culpa” é minha por não ter ajudado ela em melhorar as resposta, mas também não vou desistir esta história pode mudar. Não é?

    Responder

  45. Bom dia! Parabéns pelo seu trabalho. Eu e meu marido estamos pensando em educar nossos filhos em casa. Mas quero colocá_los na escola para conviver com outras crianças. Com esse vídeo percebi que meu filho está desenvolvendo bem a linguagem, ele consegue colocar alguns adjetivos na mesma frase. “Esse ursinho é bem macio e fofinho” , “esse ursinho é tão macio e fofinho”, “esse ursinho é muito macio e fofinho”. Então ele repete 3x a mesma frase e só troca as palavras. Nós temos a oportunidade de passar muito tempo com nossos filhos por isso podemos conversar com eles e dar atenção para isso. Ele tem 3 anos.
    Só tenho uma pergunta. Meu filho geralmente repete algo várias vezes. Por exemplo: “você quer brincar comigo?”, então repete, e mesmo q a gente diga sim, ja vamos,.ou não podemos agora. Ele repete mais algumas vezes. E nós sempre dizemos “sim, ja ouvimos”
    Será que tem um jeito dele parar de repetir tanto? Ou é fase? Mas ele não é gago.

    Responder

  46. Olá professor, ótima dica. Única pergunta é com qual idade da criança podemos começar a usar esse método? Desde já obrigada.

    Responder

  47. Parabéns Professor. Suas dicas foram muito úteis. Esse tipo de cuidado com a linguagem muitas vezes nos passa despercebido.

    Responder

  48. Achei muito bem direcionada e objetiva essa dica da modelagem da linguagem, o que facilita a prática. Sem perceber, algumas vezes pratiquei o desenvolvimento da linguagem dos meus filhos desta maneira. Agora vou aumentar a frequência do uso desta técnica. Obrigada

    Responder

  49. Olá prof. Carlos!
    Fiquei sabendo a poucos dias sobre o homeschooling e foi como uma luz no fim do túnel para mim e meu marido, pois nos preocupamos bastante com a educação de nossos futuros filhos (estou grávida do meu primeiro). Estamos ansiosos por aprender a como educar nossos filhos em casa! Gostei muito deste primeiro vídeo. Sei que vamos patinar um bocado no início, mas sei também que, com a graça de Deus e da Virgem Maria, vamos, por meio da sua ajuda, colher bons resultados. Obrigada pela sua disponibilidade e magnanimidade em compartilhar conosco seus conhecimentos. Que Deus te abençoe e a sua família também.

    Responder

  50. Prof. Carlos,
    so tenho agradecer por mais esse ensinamento. Tenho praticado com meu filho e ja obtive alguns resultados positivos.
    E vamos caminhando nessa ardua e prazerosa missão.
    Abraços,

    Ada

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Olá, Ada!

      Ficamos felizes em saber que tem dado resultados positivos. 🙂

      Abraços,
      Pâmela Arumaa
      Suporte

      Responder

  51. Obrigada por compartilhar o seu conhecimento. É o primeiro vídeo que assisto e o achei muito pertinente. Minha filha tem 3 anos e é bem tagarela, vou seguir a dica para modelar sua linguagem. Estou sentindo que esses vídeos vão me auxiliar muito no seu processo de educação. Mais uma vez, obrigada!

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Certamente irão, Ozana. Falo como mãe e aluna do professor. Obrigada por nos acompanhar!

      Abraços.
      Pâmela Arumaa
      Suporte

      Responder

  52. Muito bom, tenho um filho de 2 anos e tenho certeza que contribuirá muito para que eu possa educá-lo bem.

    Responder

  53. Olá Carlos Nadalim!
    Obrigada por compartilhar conosco estas dicas que fazem muita diferença para o aprendizado de nossos filhos. Já praticava um pouco desta modelagem da linguagem, orientada pela fono da minha filha, mas ouvindo estas explicações elas se tornaram bem mais claras e pude notar que preciso fazer algumas correções em como eu uso este método. Mais uma vez obrigada!

    Responder

  54. Excelente!!!! Estou fazendo na prática com meus alunos de educação infantil e o resultado tem sido muito bom. Alguns com dificuldades, mas, tendo mais uma vez rsrs. É satisfatório poder contribuir com algo que trás mudanças, transformações… Obrigada.

    Responder

  55. Bom dia! Estou estou adorando as dicas para ajudar na aprendizagem da minha filha… ela ainda esta com 11 meses… eu converso bastante com ela … leio em voz alta… tento estimular a fala…. espero que eu esteja no caminho certo… estarei acompanhando todas as postagens do site sera muito útil nessa tarefa de aprendizado e alfabetização em casa! Obrigado pela disposição professor Carlos Nadalim… que Deus te abençoe nesse projeto e te capacite cada dia mais!! abraço!!

    Responder

  56. Que belo trabalho prof. Carlos, muito obrigada por compartilhar conosco, está senide grande valia.

    Responder

  57. Boa noite! Meu nome é Josiaine, sou formada em letra (português – inglês), pós-graduada em ensino e aprendizagem da Língua inglês e estou no penúltimo período de pedagogia. Porém, nunca aprendi como ensinar para meus futuros filhos, ou como potencializar a aprendizagem. Eu sei da importância de “complementar”, diante da realidade de nossa educação e do futuro que nossos filhos irão ter. Afinal, normalmente os filhos passam mais tempo como os pais com que na escola, não podemos monopolizar a fonte de conhecimento. Os pais são os verdadeiro interessados pela efetiva aprendizagem das crianças . Achei muito interessante as primeiras dicas, pretendo assistir todos os demais.

    Responder

  58. Boa tarde senhor Carlos!Adorei as explanações do vídeo,pois a linguagem é de suma importância no desenvolvimento infantil por causa que como o senhor comentou escrevemos de acordo com a nossa fala,então ,se a linguagem for desenvolvida adequadamente na hora que essa criança for alfabetizada não terá tanta dificuldade.Foi muito esclarecedor !
    Obrigada!
    Um grande abraço!

    Responder

  59. Gostei muito do conteúdo do vídeo. Tenho um filho de 1 ano e 6 meses. Por enquanto ele pronuncia poucas palavras (entre 20 e 30). Acredito que em breve conseguirei aplicar a dica deste vídeo com ele. Obrigada!

    Responder

  60. Muito obrigada pelo vídeo. Amei as dicas, adotarei todas com meu filho.
    Abraços e parabéns pelo trabalho!!

    Responder

  61. Muito obrigada pelos ensinamentos Prof. Carlos Nadalim!
    Como o senhor explicou no vídeo, até os seis anos de idade as crianças tem um poder de absorção muito grande de vocabulário. Seria possível e recomendavel inserir uma segunda lingua ao cotidiano e vocabulário da criança também desde o inicio do desenvolvimento da linguagem?

    Responder

  62. Olá professor Carlos, achei muito interessante o vídeo, com certeza será um aprendizado primeiramente para mim, pois com a correria do dia a dia acabo usando resposta “objetivas”; rápidas e curtas.
    Tenho uma filha de 1 ano e 5 meses e um filho de 2 meses e com certeza vou ensiná-los da maneira certa graças ao senhor. Muitíssimo obrigado!

    Responder

  63. Professor, gostei muito da primeira aula. Estou animada pelas que virão. Tenho três filhos pequenos, e meu intuito ao acompanhar suas lições é ser uma mãe melhor, mais preparada. Obrigada pela dica #1 =)

    Responder

  64. Olá Professor Carlos Nadalim!
    Muito obrigado pelas dicas valiosas que tem apresentado.
    Minha filha tem 1 ano e 1 mês e já começo a aplicar os primeiros exercícios.
    Deus abençoe esse projeto, abraço!

    Responder

    1. Ola professor,estou amando suas dicas, tenho um sobrinho de 1 ano e 9 meses e ainda não esta falando,qual exercício seria eficaz para que eu possa estimular sua fala?Desde de já obrigada e parabéns.

      Responder

  65. Caro prof. Carlos, muito obrigado pela dica sobre modelagem da linguagem infantil. Ainda não tenho como colocá-la em prática, pois minha filha nem sequer nasceu. Mas, aos poucos, já vou me preparando como posso. Abraço!

    Responder

  66. Ola!!!! Realmente faz todo o sentido, minha filha de 12 anos tem dificuldade em fornecer respostas completas pq não foi ensinada, mas já começamos com o caçula de 6 e , consequentemente todos estão aprendendo!!!!

    Responder

  67. Olá professor. Estou começando o homeschooling agora. Tenho dois filhos um de oito anos e outro de dois anos. Suas dicas estão me ajudando muito. Parabéns pelo belo trabalho.

    Responder

  68. Prof. Carlos,
    É muito bom contar com dicas assim para educar nossos filhos. Belo trabalho! Muito Obrigada!

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Olá, Marina!

      O professor agradece pelo atencioso comentário.
      Obrigada por nos acompanhar!

      Um abraço!
      Pâmela Arumaa – suporte

      Responder

  69. ja estou colhendo bons frutos com as suas dica,quando comecei a ler o primeiro livro de historia ela adorou e na noite seguite ela ja veio com o livro me pedindo pra ler.hoje leio muitos livros pra ela, e ela ja sabe falar muitas palavras novas.brigada viu estou adorando suas dicas deus te proteja bjs

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Que notícia boa, Jociene. Parabéns por sua dedicação!

      Um abraço,
      Pâmela Arumaa – Suporte

      Responder

  70. Excelente! Parabéns pelo belíssimo trabalho que estás prestando para a huminidade. Que Deus o abençoe!

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Amém, Liliane. Obrigada por nos acompanhar! Que Deus a abençoe também.

      Um abraço,
      Pâmela Arumaa – Suporte

      Responder

  71. Prof. Carlos.
    Obrigada por dividir conosco todos esses conhecimentos . Eles são claros e práticos, e isso dá coragem para perseverar !!
    Muito obrigada!

    Responder
    1. Pamela Arumaa

      Que bom que está sendo proveitoso e estimulante, Maria Carolina.

      Um abraço!

      Pâmela Arumaa
      Suporte

      Responder

  72. Obrigada Carlos pelas dicas. Tenho notado um salto do desenvolvimento da fala do meu filho de 1 ano e 9 meses. Vou aproveitar para empregar a técnica e assim auxiliá-lo ainda mais.
    Paz e Bem.

    Responder

  73. Carlos, gostei muito desta nova maneira de ensinar as crianças, pois , com certeza irá expandir a capacidade delas de se expressar, com ajuda imprescindível dos pais .
    Luiz Alexandre Lins e Silva

    Responder

  74. Amei ! Cursei psicopedagogia há vários anos e esta área de estimulação precoce me atrai.
    Quero aprender mais com suas experiências e colocar em pratica com meus netos em especial o Miguel com 10 meses agora.

    Grata pela dica de hoje e fico aguardando as próximas.

    Elisabete Aguera Albuquerque

    Responder

  75. estou muito feliz em aprender mais um pouco como lidar com a linguagem de nossos filhos…sua metodologia ‘e simples,mas bem praica…vou comecar passo a passo para ver grandes resultados…muito obrigada…

    Responder

  76. A paz de Deus a todos.
    Meus Parabéns Prof. Carlos Nadalim, gostei muito dos videos, gostei muito mEsmo.
    Minha Isadora esta para nascer +- dia 07/01/2015. Pretendo aprender e aplicar ao máximo e aprender com tudo que venho agregando em tão pouco tempo.

    Deus abençoe e continue abençoando este trabalho BRILHANTE!

    Responder

  77. Parabéns! Gostei muito do video e já esta me ajudando bastante. Obrigada!

    Responder

  78. Carlos bom dia,

    gostei muito do seu vídeo e já compartilhei o link do blog com as
    minhas irmãs, uma é Professora de Língua Inglesa e a outra
    é Tradutora de Libras. Sou mãe de uma menina de 11 anos que
    adora ler e tenho uma sobrinha de 1 ano e 8 meses. Essa minha sobrinha
    me impressiona cada dia mais, a forma com que ela fala e monta algumas frases
    é impressionante.

    Um grande abraço.

    Responder

  79. prof. Carlos Nadalim, gostei muito da sua dica, ela acabou de me ajuda com eu filho, mais ele tem nove anos sua leitura é pouca, por estudar numa escola da prefietura da nossa cidade que é Tracunhaém (PE).
    João meu filhote tem muita leitura la gostaria de fazer um plano de leitura junto com ele, não sei por e nem como comesar.
    gostaria de aumenta ou ate melhora a leitura dele para que goste de ler com frequencia.

    obrigado por esta aula
    carlos santana

    Responder

  80. Parabéns pela belíssima iniciativa! Que o Senhor continue lhe abençoando por fazer um trabalho tão maravilhoso! Abraços.

    Responder

  81. Parabéns por sua iniciativa ,só assim teremos uma melhor qualidade no ensino . Tenho alguns netos e vou passar para meus filhos seu email eu estarei lhe ouvindo sempre.

    Responder

  82. Carlos, muito obrigada por sua iniciativa. Gostei muito das suas ideias, e estou muito contente pela forma de apoio que você está oferecendo aos pais. Vou continuar assistindo aos vídeos!

    Responder

    1. muito bom , gostei de mais. Vou aplicar esta tecnica com meu filho de 3 anos e não deixar passar este período precioso da vida dele.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *