Meu Filho Fala Rápido Demais e Embola as Palavras. Como Ajudá-lo?

Tempo de leitura: 4 minutos

No quadro Perguntas & Respostas de hoje, respondo à pergunta de uma mãe. Ela diz que seu filho de 5 anos fica um tanto ansioso ao falar, fala muito rápido, embolando palavras. Às vezes, fica até sem fôlego. Ela quer saber o que pode fazer para mudar isso.

A resposta a essa pergunta deve começar por aquele princípio que sempre reiteramos aqui no blog: antes das atividades de linguagem, é preciso observar e disciplinar o corpo. Observe, por exemplo, como seu filho anda, pois isso poderá refletir na respiração e na fala. Perceba, por exemplo, como a “lição do silêncio” pode ter um impacto sobre a fala do seu filho (ensinamos essa atividade aqui). Esse exercício o ajudará a se acalmar, regulando também sua respiração.

Falando em regular a respiração, estimule seu filho a cantar. Escolha melodias calmas, lentas, músicas folclóricas. O Chico dos Bonecos foi uma vez à escola Mundo do Balão Mágico e cantou uma música que acalmou todo mundo: chama-se “Bate o sino” e faz parte do CD Brazil for Children: Bate o sino,/ bate o sino,/ ding-deng-dong,/ ding-deng-dong,/ bate o sino sem parar,/ bate o sino sem parar,/ ding-deng-dong, ding-deng-dong” (melodia de “Frère Jacques”). Ele ia diminuindo o volume da voz até ficar quase um sussurro, as crianças ficavam muito quietinhas e ele começava a contar a história.

Para acalmar as crianças, o Chico dos Bonecos também aplicou a atividade de assoprar uma peninha: ele assoprava uma peninha e convidava as crianças a fazerem o mesmo, uma a uma, até que a última criança pegasse a caixinha, assoprasse a peninha e fechasse a caixinha. É um exercício que envolve sopro, paciência etc.

Aqui vai um parêntese sobre a escolha das músicas: procure por canções cujos arranjos sejam suaves, com andamento mais lento, sem vozes computadorizadas e muitos instrumentos percussivos, para não deixar seu filho ainda mais agitado. Outras opções são as canções “Florzinha do meu jardim”, do Grupo Triii, e a tradicional “Alecrim”. Procure também, no CD “Lullabies of the world” (“Cantigas de ninar do mundo inteiro”), pela canção portuguesa “Dorme, dorme, meu menino”. Ah, e não deixe de conhecer o grupo musical sugerido neste vídeo!

A Giselle Nani, fonoaudióloga e supertutora do curso Ensine Seus Filhos a Ler – Pré-alfabetização (veja o depoimento dela aqui), contou-nos sobre uma atividade muito interessante que aplica no consultório com pacientes pequenos, e que você pode praticar com seu filho. Escolha um personagem de que ele goste. Crie uma historinha curta com esse personagem, com o auxílio de imagens e frases já feitas. Então, conte essa história com ritmos de fala diferentes: primeiro, bem devagar, utilizando movimentos corporais lentos acompanhando a história. Depois, reconte a história no tempo normal da fala. Por fim, repita a história um pouco mais depressa. Você também pode praticar essa atividade com uma historinha que você conte para o seu filho freqüentemente, e que ele já saiba de cor.  Isso reforçará a noção de que existem várias velocidades da fala. Converse com seu filho sobre qual a forma mais adequada para que as pessoas entendam o que dizemos. A idéia é que a tomada de consciência sobre a sincronização entre gestos, estado de espírito e fala o ajudará a ter mais controle sobre a expressão verbal.

Você pode associar um gesto de mão à fala em velocidade normal: por exemplo, “ande no ar” lentamente com os dedos indicador e médio toda vez que seu filho começar a falar rápido demais. O gesto poderá ajudá-lo a falar mais devagar.

Por fim, indico outro exercício: peça a seu filho que fale imitando uma pessoa preguiçosa, ou que acabou de acordar, ou que acabou de correr. Experimentando várias velocidades da fala, você o ajudará a encontrar a velocidade ideal para uma melhor comunicação.

Persistindo as características da fala mesmo após a aplicação dessas dicas, é importante procurar o auxílio de um profissional especializado.


Participe da 7ª Jornada da Alfabetização em Casa. Acesse: https://goo.gl/5ELQTD e faça parte desse evento online e gratuito que já transformou a vida de mais de 100.000 famílias!

Deixe suas dúvidas e opiniões aqui embaixo! Obrigado por compartilhar nosso conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *