Trava-línguas para melhorar a dicção das crianças

Tempo de leitura: 6 minutos

Segundo o Houaiss, o trava-língua é uma espécie de “jogo verbal que consiste em dizer, com clareza e rapidez, versos ou frases com grande concentração de sílabas difíceis de pronunciar, ou de sílabas formadas com os mesmos sons, mas em ordem diferente”. Há na língua portuguesa uma infinidade de trava-línguas, indo dos mais simples, como “três pratos de trigo para três tigres tristes”, aos mais longos e complexos.

O desafio está em conseguir pronunciar o trava-língua três ou mais vezes, de memória, com clareza e velocidade, sem trocar sílabas e sem gaguejar. Por exercitar os músculos envolvidos na fala, esses jogos verbais ajudam a melhorar a dicção (a maneira de articular ou pronunciar as palavras). É por isso que muitos atores, cantores e palestrantes utilizam os trava-línguas como “aquecimento” para obter uma melhor performance, sendo também utilizados por muitos terapeutas da fala e coaches como ferramentas para melhorar a dicção de adultos.

Os benefícios dos trava-línguas para as crianças

As crianças adoram trava-línguas, e sua recitação regular ajuda no desenvolvimento dos músculos envolvidos na fala, favorecendo uma pronúncia mais clara das palavras, especialmente das sílabas mais difíceis, além de contribuir para o aumento do vocabulário.

Entretanto, pais e professores devem levar em conta a idade dos pequenos e a complexidade do trava-língua na hora de realizar a seleção. A recitação deve começar devagar, dando tempo para que a criança pronuncie corretamente e articule bem os sons. Aos poucos, vai-se aumentando a velocidade. A brincadeira pode mesclar várias velocidades diferentes.

A partir dos 2 anos, a criança já pode começar a recitar trava-línguas simples. Até os 5 anos, a aquisição de fonemas vai-se dando progressivamente. Por isso, antes dos 5, muitos fonemas não são pronunciados corretamente e será preciso esperar algum tempo para que a criança seja capaz de fazê-lo.

Crianças com 2 anos, em geral, estão apenas começando a pronunciar o som da letra “l”, como em “lápis”. Sons como o de “lh” em “galho”, o de “r” em “laranja” e os de encontros consonantais como “tr”, “br”, “fr”, “cr”, “gr”, “bl” e “pl” demoram ainda mais a ser adquiridos. Mas os trava-línguas, assim como a recitação de poesias ricas em aliterações, podem ajudar no processo.

Um baú de trava-línguas

Segue abaixo uma coleção de trava-línguas para você treinar com seu filho, organizados por nível de dificuldade. Você pode simplificá-los, adequando-os ao nível da criança. Explicite o sentido das palavras desconhecidas. A recitação deve começar devagar, concentrando-se na precisão da pronúncia.

Fácil

1. Toco preto, porco fresco, corpo crespo.

2. O rato roeu a rica roupa do rei de Roma.

3. O pêlo do peito do pé do Pedro é preto.

4. Fala, arara loura. A arara loura falará.

5. A babá boba bebeu o leite do bebê.

6. Casa suja, chão sujo.

7. Bagre branco, branco bagre.

8. Quem a paca cara compra, paca cara pagará.

9. Chega de cheiro de cera suja.

10. Teto sujo, chão sujo.

Médio

1. Três pratos de trigo para três tigres tristes.

2. Bote a bota no bote e tire o pote do bote.

3. Luiza lustrava o lustre listrado; o lustre lustrado luzia.

4. A aranha arranha a rã. A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.

5. O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.

6. Olha o sapo dentro do saco. O saco com o sapo dentro. O sapo batendo papo, e o papo do sapo soltando vento.

7. A Iara agarra e amarra a rara arara de Araraquara.

8. O doce perguntou pro doce qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce. O doce respondeu pro doce que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.

9. Um limão, mil limões, um milhão de limões.

10. Ao longe ululam cães lugubremente à Lua.

11. Sabia que a mãe do sabiá não sabia que o sabiá sabia assobiar?

12. Se a liga me ligasse, eu também ligava a liga. Mas a liga não me liga, eu também não ligo a liga.

13. Pedro pregou um prego na porta preta.

14. Se o papa papasse papa, se o papa papasse pão, se o papa tudo papasse, seria um papa-papão.

15. A rua de paralelepípedo é toda paralelepipedada.

16. O Borges relojoeiro ruminara roendo raspas de raiz de romãzeira.

17. Uma trinca de trancas trancou Tancredo.

18. Caixa de graxa grossa de graça.

19. A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.

20. Atrás da porta torta tem uma porca morta.

Difícil

1. Em rápido rapto, um rápido rato raptou três ratos sem deixar rastros.

2. O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem o tempo que o tempo tem.

3. A pia perto do pinto, o pinto perto da pia. Quanto mais a pia pinga mais o pinto pia. A pia pinga, o pinto pia. Pinga a pia, pia o pinto. O pinto perto da pia, a pia perto do pinto.

4. O que é que Cacá quer? Cacá quer caqui. Qual caqui que Cacá quer? Cacá quer qualquer caqui.

5. Atrás da pia tem um prato, um pinto e um gato. Pinga a pia, apara o prato, pia o pinto e mia o gato

6. No ninho de mafagafos, sete mafagafinhos há. Quem desmafagar esses mafagafinhos bom desmafagafinhador será.

7. Esta casa está ladrilhada, quem a desenladrilhará? O desenladrilhador. O desenladrilhador que a desenladrilhar, bom desenladrilhador será.

8. Não sei se é fato ou se é fita. Não sei se é fita ou fato. O fato é que você me fita e fita mesmo de fato.

9. Gato escondido com rabo de fora tá mais escondido que rabo escondido com gato de fora.

10. Maria-Mole é molenga. Se não é molenga, não é Maria-Mole. É coisa malemolente, nem mala, nem mola, nem Maria, nem mole.

11. – Pedreiro da catedral, está aqui o padre Pedro?

– Qual padre Pedro?

– O padre Pedro Pires Pisco Pascoal.

– Aqui na catedral tem três padres Pedros

Pires Piscos Pascoais, como em outras catedrais.

12. Disseram que na minha rua tem paralelepípedo feito de paralelogramos. Seis paralelogramos tem um paralelepípedo. Mil paralelepípedos tem uma paralelepipedovia. Uma paralelepipedovia tem mil paralelogramos. Então uma paralelepipedovia é uma paralelogramolândia?


Deixe suas dúvidas e opiniões aqui embaixo! Obrigado por compartilhar nosso conteúdo!

Receba em seu email nosso ebook “As 5 Etapas para Alfabetizar seus Filhos em Casa”, um guia completo e totalmente gratuito para introduzir seus filhos no universo da Alfabetização. Clique aqui: https://goo.gl/FDS4xU.

6 Comentários


  1. Minha filha fará 6 anos em novembro, já lê e escreve, Assim como, as colegas de turma, na hora de transferir elas em 2019, uma ficará no segundo ano e as demais no primeiro, devido ao mês de aniversário. Alguém pode me ajudar com essa questão?

    Responder

  2. Minha filha está com 5 anos e está no jardim 2, e ela faz 6 anos em agosto de 2019. Gostaria de saber se ela já pode passar pro 1 ano?

    Raissa de Ananindeua-pa.

    Responder

    1. Estou passando por essa situação também, minha filha já está alfabetizada e com base para fazer o segundo ano. Fará 6 anos em novembro de 2018.

      Responder

  3. Sou fonoaudióloga e achei o máximo esse artigo sobre trava-línguas!
    Parabéns pelos conteúdos.

    Responder

  4. Olá achei muito útil e interessante o método
    Tem algum outro método para crianças com hiperatividade ?
    Meu sobrinho tem 9 anos e infelizmente não absorve nada !
    Não sabe ler,somente escreve em letras de forma ditando as letras o que posso fazer?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *